Spui book market, a feira de livros novos e usados em Amsterdam

A famosa placa que sinaliza a feira de livros na Praça Spui.

A famosa placa que sinaliza a feira de livros na Praça Spui.

Eu adoro uma feirinha. Pode ser numa pracinha, com barraquinhas de frutas, legumes, pães e queijos. Pode ser dessas maiores que se estendem pela rua afora e até roupa tem. Sabe a feira hippie em Belo Horizonte, que ocupa quase uma avenida inteira e tem de tudo e mais um pouco? É uma das minhas queridinhas e tenho que visitar toda vez que vou ao Brasil.

Quando mudei para Amsterdam logo fiz minha lista de feirinhas para conhecer. Tinha uma perto dos museus, que também era perto de casa, só de comes e bebes e todo sábado de manhã estávamos lá.

Comprava as frutas e legumes da semana, também o pão e carnes. Além de apoiar os produtores locais (a barraquinha de hortifruti era de uma fazenda dos arredores da cidade) era um programa muito legal para o fim de semana e os meninos adoravam passear por lá. É um jeito super interessante de observar o compreender costumes locais. Boa dica para quem mora fora do país: visite feirinhas!

Um belo dia para se passear na feirinha!

Um belo dia para se passear na feirinha!

A feira de livros novos e usados da praça Spui, no centro de Amsterdam, é super famosa. Acontece sempre às sextas feiras, das 10 até as 18 horas. Faça chuva ou faça sol eles estão lá. São mais de 20 expositores de toda Holanda vendendo livros usados, novos, raros, em várias línguas. Infantil também. Posters, gravuras, documentos.

Se você estiver procurando por algum título específico, vale a pena conversar com os donos das barraquinhas. Eles são especialistas no assunto e se não tiverem o livro imediatamente podem conseguir para você buscar depois. Os preços não são tão convidativos, não consegui nenhuma pechincha. Mas os livros são todos muito bem conservados e em ótimo estado.

Ao redor da praça também estão livrarias que vendem livros em inglês, como a famosa American Book Center (com uma seleção maravilhosa de revistas internacionais) e a Waterstones, a livraria inglesa que ocupa um prédio lindo.

A partir da praça Spui tem também a entrada para o Begijnhof que é o “jardim secreto” mais antigo de Amsterdam, entre construções de casas medievais que parecem cenário de filme.

Ou seja, não dá para não visitar a Spui em Amsterdam. Só certifique se que vai ser em uma sexta feira para também não perder a feira de livros!