Viagem para Portugal - Lisboa parte 1

Praça do Comércio em Lisboa

Praça do Comércio em Lisboa

Finalmente! Fizemos uma viagem para Portugal!

Eu já estava com a impressão de que só eu ainda não tinha visitado Portugal. E claro que esse não foi o motivo da viagem. Sou maria vai com as outras mas nem tanto. Ganhei a viagem de presente e viajamos bem no dia do meu aniversário, dia 16 de maio. Está se tornando constante esse tipo de presente por aqui e o legal é que todo mundo sai ganhando! 

Fomos primeiro para Lisboa e depois Algarve, numa viagem que durou - apenas - 7 dias. Pra mim, que queria ter ficado lá o resto da vida, 7 dias foi um sopro. 

O trajeto

Saímos do aeroporto de Amsterdam Schiphol no final da manhã, pela KLM, direto para o aeroporto de Lisboa, o Humberto Delgado, também chamado Aeroporto de Lisboa ou Aeroporto da Portela. O horário foi maravilhoso, bem na hora da soneca da tarde dos meninos, que dormiram as 2 horas de voo. Chegamos, pegamos o carro alugado e já fomos pro hotel que para a surpresa de todo mundo, era um apartamento de tão grande. Bem vindos, muito bem vindos a Portugal!

Todos cansados e com fome, enquanto a comida que pedimos no hotel não chegava, eu já fui aproveitar: corri no supermercado que tinha bem pertinho, o Pingo Doce. Eu adoro supermercado e uma das coisas preferidas em viagens é visitar um supermercado local. Já fui comprando pastel de nata na padaria do supermercado, onde coloquei as velas do meu aniversário, uns itens de necessidade básica (fraldas, pão, leite e suco) e voltei pro hotel. Nesse dia não saímos. Jantamos, os meninos adoraram o hotel e ficaram correndo pra lá e pra cá. Dormimos mais cedo para aproveitar o outro dia.

Um dia em Lisboa

Quinta feira, 17 de maio, tomamos café na beirada da piscina do hotel e fomos passear por Lisboa. O hotel ficava pertinho da Praça Marquês de Pombal onde também começa (ou termina?) a Avenida da Liberdade. Escolhemos estrategicamente para aproveitar o centro da cidade a pé. O plano era descer a avenida sem pressa, observando a cidade, até a Praça do Comércio. E assim fizemos. O dia estava muito bonito, perfeito: ensolarado mas não muito quente. Depois de mais ou menos meia hora de caminhada, encontramos um parquinho lindo, com um quiosque/café na frente e paramos para as crianças brincarem e descansarem dos carrinhos. Ali era a Praça da Alegria. Que nome perfeito, não?!

Alegres, na Praça da Alegria!

Alegres, na Praça da Alegria!

Depois de brincar nesse playground, meninos de volta pro carrinho, continuamos a andança. Meio perdidos, percebi que estávamos na Rua Augusta e não mais na Avenida da Liberdade, que foi ótimo porque conhecemos outra parte do centro. Chegamos na Praça do Comércio, linda! Tomamos um sorvete olhando pro Tejo e ouvindo dois mocinhos tocando violão. Porque já era hora do almoço, não voltamos andando pro hotel, pegamos um táxi na altura da Livraria Bertrand do Chiado, a livraria mais antiga do mundo, onde eu queria ir mais do que qualquer outro lugar! Deu tempo de dar uma corridinha lá dentro da livraria e fazer umas comprinhas. Checked!

Depois do almoço, quando Olivia e Lio acordaram da dormidinha à tarde, fomos de carro até Belém. Passeamos pelo bairro, e seguindo a dica da minha irmã, não experimentamos os pastéis de nata da famosa Pastéis de Belém e sim da Manteigaria Fábrica de Pastéis de Nata. Fui numa lojinha deles na Praça Luís de Camões, na volta pro hotel. Comprei os pastéis quentinhos, acabados de assar e é realmente delicioso, derrete na boca! 

Sentadas numa rua qualquer no centro de Lisboa.

Sentadas numa rua qualquer no centro de Lisboa.

Leia também: Disneyland Paris no natal

Assim foi o nosso dia em Lisboa, o único dia inteiro que passamos lá. A viagem foi pensada para o Algarve e encaixamos Lisboa. Por isso ficamos tão pouco. Fizemos tudo sem planejar, da melhor maneira possível que é andando e descobrindo a cidade. Nem preciso dizer que foi pouco mas foi maravilhoso, não é?

No outro dia seguimos de carro pro Algarve. Mas vou contar em outro post. Até lá!