Olivia me disse

Tchau 2017, Olá 2018

Olivia me disseComment
 nós 3 em nuremberg

nós 3 em nuremberg

Esse vai ser, provavelmente, o último post desse ano. E, sinceramente, decidi escrever muito mais pra mim do que pra você que está lendo. Pra me lembrar das coisas que fiz, que não fiz e pra celebrar o importante fato de que eu não esperei 2018 chegar pra mudar algumas coisas que precisavam ser feitas agora. "Agora" é a palavra de ordem: pode soar clichê mas eu consegui enxergar o quanto é poderosa essa frase!

Retomando tudo, o saldo do meu ano foi:

O ano começou com um desafio que parecia impossível: viajar com meus dois filhos sozinha. Eu não sabia como seria, aconteceu, e eu até hoje me sinto orgulhosa de ter conseguido esse triunfo! Não vou escrever sobre o assunto aqui porque fiz um post só sobre isso. Quer ler? Tá aqui ó: Sobre ir para o Brasil sozinha com dois bebês.

Vou ser bem sincera: eu tenho medo e um pouco de preguiça de sair sozinha com a Olivia e com o Lio. Eu penso demais antes de sair de casa e arrumo problema até onde não tem. E só com duas mãos (mães deveriam ter pelo menos 5 haha) eu não consigo correr atrás do Lio, socorrer a Olivia... mas chegou o verão (julho de 2017) e os dias são lindos, céu azul, e não dá pra desperdiçar o tempo dentro de casa. Fiz um compromisso comigo mesma de sair com eles (quase) todos os dias, mesmo que sozinha. Fomos em parques que tinham algum tipo de limite (menino correu, pelo menos não perco de vista!), fomos ao zoológico (leia aqui), no clube. Parece bobeira, né, coisa simples, mas não é! Sair com dois filhos tão pequenos, sozinha, dá muito trabalho! Mas não é impossível.

Então a gente também mudou. De país. E esse foi o maior desafio, que ainda estamos lidando. Todo dia é uma coisa nova, e desde achar onde é o melhor supermercado, até esperar o cartão de saúde chegar, há 5 meses tentamos chamar Amsterdam de casa. Como carro apertado é que anda, decidi começar com duas coisas que adiava há tempos: colocar a Olivia na creche e a temida academia.

Fazer a adaptação dela foi difícil: tinha acabado de mudar de casa, era a primeira vez num ambiente como aquele e ela nunca tinha ouvido holandês na vida. E eu tinha sempre um bebezinho de 12 kilos no meu colo enquanto explicava pra ela que a creche era um lugar legal, que ela ia brincar e fazer amigos. Passou e deu certo. Não deu também pra esperar 2018 chegar pra começar atividade física. O destino conspirou a meu favor e tem uma academia na frente da minha casa. Na frente. Atravesso a rua, nem um passo pra direita, nenhum pra esquerda. E estou eu, orgulhosa, há 4 meses colocando minhas gordurinhas pra correr.

A melhor parte, deixei pro final. Eu tenho esse blog há 2 anos e escrevi pouquíssimas vezes desde o lançamento. Shame on me. Eu queria escrever todo dia, quero viver de escrever. Mas me sabotando sempre, com a ajuda dos dois carrapatinhos que não me largam pra nada, eu sempre tinha uma desculpa pra não escrever, pra deixar pra depois, pra desistir e pensar que nunca vai dar certo. Foi quando li um post num grupo fechado do facebook que participo: 

"Escreva nesse post quais são suas 03 principais metas para realizar no seu negócio até o fim de 2017. Faça desse post um auto-compromisso com o que você escrever, ok?"

E minha meta foi escrever um post por semana até dezembro. Eu não consegui escrever exatamente um por semana, mas foi quase, e isso foi muito bom. Tive muito mais interação com pessoas que visitam meu blog, motivação de amigas queridas (Oi Ione! :D) e eu consegui enxergar a importância de criar metas de curto prazo pra ter motivação constante. E comprovei o que eu falei lá em cima: agora é a hora. você não precisa deixar pra amanhã.

Tudo isso que eu aprendi em 2017 já são ensinamentos que vão comigo pro ano que vem. E a melhor parte do meu planejamento de 2018 é que ele começou em 2017. Faça agora. Feito é melhor que perfeito. Equilíbrio, bom senso e empatia. Vou tatuar tudo isso na minha testa!

oli outono.jpg

E pra clarear meus pensamentos, me inspirar a mudar e principalmente, me tirar um pouco desse mundo sufocante que é a maternidade, eu tive ajuda de mulheres que são incríveis:

Fernanda Neute: os melhores stories do instagram! Dicas pra viver melhor, minimalismo e estilo. Perfil no instagram: Fe Neute

Amanda Costa: a melhor mentora motivacional! Dicas pra mulheres empreendedoras e tudo sobre comunicação digital. Página no facebook: Amanda Costa - Somos Mulheres Incríveis

Cami Cilento: os melhores snapchats! Dicas de estilo, comprar menos e melhor, uma visão única de NY. Perfil no snapchat: não tem como colocar o link pro Snapchat, vou colocar o perfil no instagram: iamleavingtoday

Bárbara Resende: o melhor blog! Dicas de decoração, livros, estilo. Adoro seguir a Bárbara no instagram também, ela sempre fala de coisas relevantes! Blog: Living Gazette

Não é fácil olhar pra trás e rever o ano inteiro. Acreditam que é a primeira vez que faço isso e é a primeira vez que faço lista de metas pro próximo ano? Já tenho um planner novo nas mãos e muita vontade de recheá-lo com idéias novas. 

E vocês? Qual o maior desejo pro ano novo?

Até lá!

 adeus ano velho, feliz ano novo!

adeus ano velho, feliz ano novo!