Olivia me disse

10 coisas que você precisa saber sobre cesárea e nunca ninguém ousou te falar

Tradução, Textos diversos, Dicas & IdeiasOlivia me disseComment
 Photo by Helen Carmina (www.helencarminaphotography.com)

Photo by Helen Carmina (www.helencarminaphotography.com)

Este texto foi traduzido livremente por mim e não expressa minha opinião, a partir do texto original publicado pela autora Isa Grütering no site Haupstadtmutti em 21 de Agosto de 2015. O texto pode ser encontrado aqui: 

http://hauptstadtmutti.de/de/beauty-kosmetik/10-dinge-die-du-ueber-den-kaiserschnitt-wissen-solltest-und-keiner-dir-zu-sagen-wagt

"O que você acha de uma cesárea planejada?" Li hoje no Facebook. Eu estou realmente cansada dessas perguntas pseudo-provocativas, mas esta eu achei particularmente descarada. Porque eu fiz duas cesarianas - embora não planejadas. 

A pergunta "O que você acha de uma cesárea planejada?" pode realmente te fazer pensar se existe uma maneira de dar à luz ao bebê com menos stress e dor. Assim pensam todos que, 1. nunca fizeram cesariana, 2. não têm filhos e 3. acompanham as muitas histórias de celebridades na mídia onde o parto por cesariana, a pedido da mãe, é frequentemente considerado como uma variante de nascimento inofensivo (sendo que estes nascimentos são frequentemente realizados quatro semanas antes do previsto, de modo que a mãe não engorde mais e o excesso de gordura já é logo retirado também).

Esta cesariana-desejo soa bem atraente. Mas realmente é? É uma cesariana, a variante Easy-Peasy de se ter um bebê? Posso dizer por experiência: não, não é. E tem 10 coisas que você deve saber sobre a cesariana, mas (infelizmente) raramente aprendem em um curso de preparação para o parto, colocados juntos aqui abaixo:

1. Como é que funciona uma cesariana: Se você recebe uma PDA (anestesia), fica plenamente consciente, caso contrário, você ficará atordoado e o nascimento não acontece. Na sala de operação você vai ser presa, e sente como se estivesse completamente nua (fica só com a camisa de operação). Na altura do umbigo, um pano é esticado desde o teto, para que, assim, você não possa ver a intervenção. Em seguida, começa: pele, gordura, tecido conjuntivo, músculos, peritônio e, claro, o útero são cortados, a fim de obter o bebê. Para isso, é feita uma incisão e o restante será arrancado. Isso só vai levar cerca de dois minutos. O bebê é então puxado para fora e você o terá imediatamente em seus braços. Mas depois disso terá uma sensação sem fim de que está sendo costurada (mas vai durar apenas 15-30 minutos). Durante esse tempo o bebê está com o pai.

2. A cesariana é uma cirurgia abdominal e como qualquer cirurgia é inevitavelmente cheia de complicações. Na cesariana a bexiga ou o intestino, por exemplo, pode ser danificado, quer no corte ou depois na costura. Pode levar a hemorragia ou a infecção de uma ferida. A paciente deve estar ciente dessas coisas. Ah, e o cateter. Sobre isso, eu estava com um medo a mais. Você não pode levantar. Ele deve, antes, ser rapidamente removido, por que senão pode causar infecção.

3. Apesar de tudo você tem que se levantar de forma relativamente rápida. Após a séria cirurgia, eu bem que gostaria - e isso é um horror. A dor é muito, muito pior do que qualquer contração (falo por experiência própria, depois de 23 horas de trabalho de parto). E você fica surda, não escuta imediatamente. Isso também leva tempo. A única coisa positiva: quanto mais você se move, mais rápido cura tudo.

4. Ficar magra e em forma outra vez, rapidamente? Isso acontece muito, muito lentamente. Nas primeiras doze semanas (!) você não deve fazer exercício e não levantar nada pesado. Portanto, só depois pode ser iniciada a ginástica pós parto. Eu achei isso totalmente irritante e saí todos os dias para passear com o carrinho de bebê, fazendo o melhor que eu podia.

5. Depois de uma cesariana deve-se proteger corretamente pelo menos 12 meses. Até a cicatriz curar, nos 12 primeiros meses, você não deve engravidar novamente. Na verdade, o estiramento e a pressão resultante de uma outra gravidez é um risco para o rasgamento da cicatriz.

6. A cicatriz permanece para sempre. Embora não seja longa, cerca de 8 a 10 cm, você pode ver e sentí-la. Eu tive duas cesáreas indesejadas. Após a primeira, minha cicatriz ficou errada. Na segunda cesariana eu deixei claro ao cirurgião (que era o mesmo da primeira) que ele deveria fazer tudo em perfeita ordem. E ele fez. Mas ela está lá e visível para os outros. Com a cesariana, são diferentes - e, infelizmente, pejorativas - opiniões que podem ser expressas em apenas um olhar. Este ponto de vista de outras mães, que se está exposto, quando você não amamenta por um longo tempo, se volta trabalhar de novo ou não, ou se você isso ou se você aquilo. Você sabe a que se destina. A única solução é olhar e sorrir de volta.

8. Os músculos abdominais não voltam ao que eram tão rapidamente. Essa é a pior coisa. Eles serão cortados em dois. Depois do meu primeiro filho, depois de três meses eu já estava indo bem em Training- Ginástica, Cantienica, Yoga, Boot Camp - e ooops, após 18 meses, estava grávida novamente. Mais uma vez cesárea de forma não intencional. Tudo de novo. Agora, depois de três anos, ainda sinto que a minha barriga é mole e os músculos abdominais não estão realmente ativos.

9. E então a pergunta: Será que eu falhei? A pergunta é naturalmente posta através de discussões na mídia e, pior ainda, levantadas através de comentários vindos dos outros e seus olhares muitas vezes compadecidos. Por que eu não consegui? Se eu tivesse com outra parteira, em outro hospital, talvez um parto em casa, sem PDA (anestesia) teria sido diferente?

10. Mas há também: O sentimento de satisfação. Meus bebês sobreviveram e eu também. É um milagre! Quem sabe, sem a cesariana, eles não estivessem aqui? Este sentimento de felicidade definitivamente ofusca todo o resto. E é por isso que eu também estou particularmente satisfeita com a imagem que a internet e as opiniões construíram. Obrigado pela imagem do milagre! Eu tive arrepios quando eu vi. E foi também a ocasião, para eu escrever, enfim, todo esse universo da minha alma .

NOTA: Como eu percebi, alguns de você também notarão: onde está o número 7 dessa lista? Voltei no texto original e não encontrei, li os comentários do post no site e não encontrei, tentei perguntar pr email e não tive resposta. Respeitando o formato do texto e do título originais, resolvi deixar assim e não fazer nenhuma alteração.